Últimos assuntos
» BEBEDOURO DO PORQUINHO
por ultragame Seg 18 Set - 20:41

» Infecção no canto da boca
por Merry Go Dom 17 Set - 18:19

» Coisas para porquinho no estado do Pará
por koopa60 Sab 16 Set - 9:44

» Ficha médica: Batata
por Cele Qui 14 Set - 13:55

» Ficha Médica: Harley
por Bianca Farisco Turra Ter 12 Set - 2:26

» Ficha Medica do Madruguinha
por madruguinha Seg 11 Set - 13:23

» Presença de sangue na urina
por vickcami Dom 10 Set - 14:55

» Feno Tifton Tipo A - RJ
por Byatriz Barboza Sex 8 Set - 20:45

» Comprar mais 1 porquinho da india
por Fatlitlepig Qui 7 Set - 12:56

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

Parceiros
Fórum grátis

Fórum grátis

Estatísticas
Temos 6298 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de pamellita_dias

Os nossos membros postaram um total de 38600 mensagens em 2047 assuntos

Reprodução - Por que não? Informações sobre gestação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Reprodução - Por que não? Informações sobre gestação

Mensagem por Isabela Luccas em Seg 10 Jun - 12:31

Então, você tem uma porquinha da índia e pensa em colocá-la para cruzar. Ou tem um machinho, e deseja adquirir uma fêmea para companhia. Eis o melhor conselho que você poderia receber:

NÃO REPRODUZA.
Vamos entender melhor?

O primeiro e mais importante fator está relacionado aos riscos:

Porquinhas da índia quando engravidam tem 20% de chance de morte na gestação, parto ou pós-parto. (Fonte: ACBA - Associação dos Criadores de Porquinhos da Índia, EUA).

Isso quer dizer que cada vez que você intencionalmente coloca sua porquinha da índia para cruzar, você está conscientemente arriscando a vida dela. Aos que criam porquinhos da índia como pet, não é nada coerente. E quanto aos criadores? Eles conhecem esses riscos e lidam com eles. E você?

Vamos supor que ainda assim você decida ir em frente. Vamos analisar algumas outras questões.

♦ Tamanho da ninhada

Você está pensando que sua porquinha da índia deverá ter uns 2 ou 3 filhotes... Mas, o que você faria com 8 filhotes? Sim, pois embora normalmente os porquinhos tenham mesmo 2 ou 3 filhotes por ninhada, esse número pode chegar a 8. Pode acontecer de todos os filhotes serem do mesmo sexo. Então, você está prepadado para criá-los em alojamentos sepados quando atingirem 3 semanas de vida? Sim, pois um filhote macho, aos 21 dias de vida, já pode ser sexualmente maduro a ponto de engravidar a mãe. Filhotes machos podem ter problemas se enfrentarem a adolescência juntos - você terá alojamento suficiente se for preciso separá-los? Você conhece o tamanho e tipo adequado de alojamento que seus porquinhos da índia devem ter? (Veja no tópico ALOJAMENTO)).

♦ O que fazer com os bebês?

- Encontrar boas casas para eles?

Se encontrar boas casas fosse fácil, não haveria porquinhos para adoção esperando por um lar. Não haveriam tantos em feiras e pet shops, amontoados e doentes.

Ah, você acha que tem amigos que querem ter um? Então, por que eles já não tem? Para cada porquinho que você conseguir doar, outro que já existe deixará de conseguir um lar. Muitas pessoas realmente não conseguem um lar permanente para seus porquinhos, quanto mais um lar permanente de qualidade. E o que você considera como um bom lar, pode ser diferente na concepção de outra pessoa; algumas pessoas realmente acreditam que gaiolas vendidas em pet shops são bons alojamentos...

Onde você mora tem poucos porquinhos da índia disponíveis? Esse não é um ponto a favor, e sim contra. Menos porquinhos, menos veterinários especializados na sua região. Mesmo que consiga boas casas para eles, provavelmente não conseguirá bons cuidados veterinários quando mais precisarem.

- Levar para o pet shop?

Isso seria muito, muito ruim. E errado. Primeiramente, se você pensa nessa opção para possíveis futuros filhotes, por que levar a idéia de reproduzir adiante? Já não bastam os riscos para a porquinha mãe? Pet shops não escolhem compradores; porquinhos podem ser comprados para alimentar cobras e répteis. Ou então pode ser comprado por pais irresponsáveis porque o filhinho insistiu muito, afinal, são tão bonitinhos! Pouco tempo depois, este porquinho infeliz estará ainda numa gaiolinha, sozinho, doente, recebendo alimentação errada e sendo jogados para outra pessoa, pois os pais viram o trabalho que envolve ter um animal. É esta a vida que você quer que estes bebês tenham?

- Ficar com todos eles?

Mesmo? Você terá estrutura para ficar com todos os possíveis bebês? Mesmo se for uma ninhada comum, você terá 2 adultos, mais 3 filhotes que logo serão adultos também. Todos a ser alojados levando em consideração o sexo, com alojamento em tipo e tamanho adequado, alimentação correta e cuidado veterinário especializado...

• Um ponto importante: Você entende de genética?

Você conhece os pais, avós de cada porquinho seu, e sabe se possuem genes que possam causar problemas se cruzados? Você sabe que alguns porquinhos, quando cruzados, podem produzir letais? São porquinhos com uma série de defeitos genéticos, como surdez, cegueira, problemas dentários e de órgãos internos. Alguns morrem logo após o parto; outros exigem cuidados permanentes e gastos por anos.

♦ E o que você vai fazer com a mãe e o pai?

Supondo que você já os deixou cruzar, você não poderá mais mantê-los juntos - a menos, é claro, que você seja uma pessoa insensível, afinal, gestações vez após vez podem matar a porquinha. O ideal é que o macho não fique com a fêmea desde que ela esteja grávida, e deve haver pelo menos 5 meses de diferença entre gestações para minimizar riscos. Então você deverá mantê-los em alojamentos separados, cada qual de tamanho adequado... e lidar com a tristeza de cada um deles ao ser separado da companhia.

♦ Vamos supor que você vá ficar com todos...

Isso significa espaço, tempo, dinheiro. Você precisará de mais alojamentos, forração, feno, ração de qualidade, verduras e legumes, e claro, cuidado veterinário. Mais porcos, mais chance de gastos veterinários. Sabe quanto custa uma consulta com um veterinário? Em média, R$ 50 a 80; some a isso exames, remédios e cirurgias e sua conta subirá muito. Se você é dependente financeiro de seus pais, esse já é um motivo forte o suficiente para você esquecer essa idéia de reproduzir seus animais.

♦ Complicações da gestação e parto?

As considerações acima são no caso de você ter mesmo pensado em seguir com reprodução. Mas lembre-se do fator inicial: sua porquinha pode morrer. Há pelo menos 20% de chance de dar algo errado com a porquinha e mesmo com os bebês. Ela pode precisar de uma cirurgia de emergência. Histórias tristes surgem a cada dia e espero que voccê não precise passar pessoalmente por uma.

Entenda que a melhor companhia para seu porquinho da índia é um porquinho da índia do mesmo sexo. Assim, ele terá companhia constante e segura e será feliz e saudável.

♦ "Mas se ninguém reproduzir, os porquinhos se extinguirão..."

Acredite, isso não vai acontecer. Os criadores vão continuar reproduzindo, e eles conhecem os riscos; deixe essa "função" para eles. As "fábricas de animais" que fornecem filhotes para grandes pet shops infelizmente não deixarão de explorar animais. E nosso vizinho aqui na América do Sul está neste momento produzindo mais e mais porquinhos da índia - para consumo.

♦ Gosta de porquinhos? Quer ter mais?

ADOTE!

FONTE
avatar
Isabela Luccas
Moderador

Mensagens : 1879
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 21
Localização : Rio Claro SP

https://www.facebook.com/groups/disneypig/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Gestação

Mensagem por *Paty Abib* em Sex 19 Jul - 18:36

O Fórum PorquinhosBR é contra a reprodução caseira!

 Um dos grandes erros que novos donos cometem é adquirir um casal. Sim, porquinhos são mais felizes vivendo com outro porquinho, mas a recomendação é que sejam do mesmo sexo, jamais casais. Por que?

- A gestação das porquinhas da índia, diferentemente de outros roedores, é uma gestação considerada de risco.

A cada vez que uma porquinha da índia fica grávida, ela tem 20% de chance de morrer na gestação, parto ou pós parto.
Não coloque a vida de sua porquinha da índia em risco desnecessariamente. Ela será muito mais feliz e terá uma vida longa e saudável convivendo com uma amiguinha do mesmo sexo.



É muito comum vermos fêmeas adquiridas em pet shop virem prenhas, por ficarem expostas à porquinhos machos em um mesmo alojamento.

Sintomas de porquinhas prenhas:

  • Ficam muito tempo deitadas - inclusive na hora de comer
  • Se cansam facilmente
  • Dormem mais que de costume
  • A barriga cresce rapidamente e desproporcionalmente ao resto do corpo
  • Começam a deitar-se sempre de lado
  • A respiração pode ficar mais ofegante
  • Fome e sede mais aguçada que de costume


E quando isso acontece, o que fazer???

Se você desconfia que sua porquinha esteja prenha comece a mudar algumas coisas em sua rotina:

  • Aumente a vitamina C para 5 gotas - Mantenha essa quantia até o desmame
  • Não fique manipulando a porquinha - Elas ficam cansadas e estressadas e estresse é a última coisa que queremos em uma porquinha prenha. Não fique a pegando no colo, apenas quando for realmente necessário
  • Reforce a alimentação - Nesta fase ela precisará de uma alimentação mais rica em cálcio, principalmente porque a maioria das porquinhas compradas em pet shop engravidam muito novas. 
  • Mantenha o cercado sempre limpo e seco - Isso já é regra para qualquer porquinho, a higiene é fundamental para a saúde, no caso de porquinhas prenhas o cuidado deve ser redobrado, já que com a queda da resistência elas ficam mais suscetíveis à doenças como sarna e micose.
  • Separe o macho - Caso você tenha um casal por falta de conhecimento anterior, separe o macho desde já. Ele pode tentar montar na porquinha prenha e estressá-la sem necessidade.
  • Separe a porquinha de qualquer outra pig prenha - Porquinhas são solidárias na hora do parto e se uma vir a outra parindo pode tentar ajudá-la lambendo os filhotes ou se estressando com o parto da outra, e isso pode levá-la a antecipar o parto abortando os filhotes.
  • Dê muito carinho e atenção - A pig, como toda "grávida" necessita de atenção e muito amor. Converse bastante e aproveite esse tempo para mimá-la (ao lado, sem ficar pegando-rs).
  • Deixe sempre uma troca de forração limpa à espera, pois quando os bebês nascerem precisará trocar os paninhos sujos.


Se você tem alguma dúvida quanto ao assunto, escreva no tópico GRAVIDEZ - PERGUNTAS E COMENTÁRIOS.

Boa sorte!!!

*Paty Abib*
Membro veterano
Membro veterano

Mensagens : 2768
Data de inscrição : 16/10/2012
Idade : 32
Localização : São José dos Campos/SP

http://festeiras.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum